Dicas

Como se adaptar ao aparelho auditivo mais rapidamente?

como-se-adaptar-ao-aparelho-auditivo-mais-rapidamente

Se adaptar ao aparelho auditivo não é uma tarefa fácil para alguns. No entanto, a dificuldade inicial não é motivo para desistir. O dispositivo serve para melhorar a qualidade de vida da pessoa que sofre com a perda auditiva, por isso, todo esforço valerá a pena.

Quando alguém já apresenta problemas na audição há muito tempo, a capacidade cerebral de assimilar os sons é enfraquecida. Por essa razão, a adequação ao aparelho requer um tempo e paciência, pois o cérebro precisa se acostumar novamente com os estímulos sonoros.

Quer saber o que fazer para acelerar esse processo de adaptação? Veja, a seguir, o que fazer para usufruir dos benefícios do aparelho auditivo mais rapidamente. Boa leitura!

Use o aparelho o máximo que puder durante o dia

Para se adaptar ao aparelho auditivo não há outro caminho: tem que usar! No primeiro momento, o equipamento pode causar incômodo, dores de cabeça e irritação. No entanto, quanto mais usar, mais rápido esse desconforto vai desaparecer.

Toda mudança requer um esforço inicial para colher os resultados positivos lá na frente. Por isso, o ideal é utilizar o aparelho, no mínimo, 8 horas por dia para se habituar aos sons. Mas lembre-se de que a maioria dos dispositivos devem ser retirados para tomar banho e dormir.

Eleja algum familiar para treinar a comunicação

No início, é conveniente conversar, frequentemente, com a mesma pessoa para se acostumar com a própria voz e com o timbre alheio. Escolha um local silencioso e sentem-se frente a frente para facilitar a compreensão.

Aos poucos, vá incluindo novos interlocutores no bate-papo. Com o tempo, a conversa poderá ser estendida a lugares com ruído, como restaurantes e academias.

Explore todos os ambientes e situações cotidianas

Aprendeu a se comunicar em ambientes silenciosos? Então avance uma casa! É necessário se desafiar diariamente para o cérebro começar a responder aos estímulos sonoros.

Mesmo se não compreender toda a mensagem do noticiário na TV é importante continuar assistindo para se habituar às situações do dia a dia. Uma boa dica é fazer um diário de adaptação e detalhar as sensações em cada ambiente. Além disso, existem acessórios e aparelhos específicos que podem se conectar diretamente a sua televisão via bluetooth!

Tenha a ajuda de um fonoaudiólogo

Sabe quando você está na sala e ouve alguma coisa caindo lá no banheiro? Quem tem perda auditiva e está se adaptando ao aparelho até consegue ouvir o som, mas tem dificuldade em distinguir de onde ele vem.

Portanto, para conseguir desenvolver as habilidades relacionadas a audição, é essencial contar com ajuda especializada. Esse é o papel do fonoaudiólogo.

Este profissional participa nas decisões quanto a escolha do aparelho, auxilia na adaptação e é responsável pela reabilitação auditiva. O especialista trabalha aspectos como localização sonora, distinção de sons, memória auditiva, entre outros.

Preste atenção quanto à necessidade de ajustes

As anotações, citadas anteriormente, podem ser úteis para identificar as questões que precisam de correção. Pode ser necessária alguma regulagem relativa ao ganho de som, volume, entre outros.

Portanto, é importante identificar as situações em que a adaptação foi tranquila e os momentos que ainda geram desconforto. Descrever essas dificuldades para o fonoaudiólogo é essencial para que ele possa auxiliá-lo nesse processo.

Além do mais, é imprescindível observar aspectos relativos à ergonomia do dispositivo. O incômodo durante o período de adaptação é comum. No entanto, sentir dor na região não é normal. Apesar de alguns aparelhos serem feitos sob medida — com pré-moldagem — eles podem necessitar de ajustes para melhorar o encaixe no ouvido de cada usuário.

Crie expectativas reais

Quase ninguém vai começar a usar o aparelho auditivo e se adaptar instantaneamente. Estabelecer metas para o desenvolvimento pode ser interessante, mas é essencial que as expectativas sejam realistas.

O cérebro precisa de três a seis meses para se adaptar às mudanças e reagir aos estímulos sonoros com naturalidade. Lembre-se que, geralmente, a perda não aparece de uma hora para outra. Portanto, não espere uma adaptação total antes desse tempo.

Viu só? Se adaptar ao aparelho auditivo não é uma missão impossível. O processo exige paciência e muita dedicação. No entanto, ao final da reabilitação, é possível usufruir dos benefícios e verificar os resultados na melhoria da qualidade de vida. Siga todas as dicas e acelere o processo de adaptação.

Gostou do conteúdo? Quer continuar se informando sobre soluções contra a perda auditiva? Então assine nossa newsletter e se mantenha atualizado!

Você, ou seu familiar, possui alguma dificuldade auditiva? Agende uma visita e faça uma demonstração gratuita com nossas soluções – 0800 011 1000

Você pode gostar
Todo excesso de ruído contribui para uma perda auditiva progressiva: saiba como evitar!
Paciência com idosos
Paciência com idosos: saiba como manter a boa convivência

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This