Sobre a audição

Entenda como o comportamento do idoso é alterado com a surdez

Como o comportamento do idoso é alterado com a surdez

Entenda como o comportamento do idoso é alterado com a surdez

A idade vem chegando e, mesmo com todos os cuidados com a saúde, é comum que surjam algumas limitações, como dificuldades para enxergar, se locomover e ouvir. Estima-se que cerca de 70% dos idosos a partir de 65 anos apresentem perda auditiva em algum nível, de acordo com a Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde. Algo que requer a atenção de todos!

Porém, a surdez é algo silencioso, em vários sentidos. Isso porque ela pode demorar a ser percebida pelos outros, já que, muitas vezes, falta de informação ou vergonha levam as pessoas a esconderem o problema.

Neste artigo, vamos ajudar você a observar atentamente e identificar como o problema pode alterar o comportamento do idoso que tem dificuldade na escuta. Acompanhe a leitura!

Dificuldade de socializar

Muitos idosos, ao perceberem que já não conseguem entender adequadamente algumas palavras ou frases, passam a ter receio de conversar com outras pessoas. Isso pode começar por abstenção em conversas e evoluir para o isolamento total.

A dificuldade em manter contato também por telefone e aparelhos eletrônicos pode contribuir com esse isolamento. Aos poucos, a pessoa perde toda a disposição de tentar falar com outros, pois já não tem prazer nas atividades sociais – o esforço é muito grande.

Volume da TV alto

Ouvir rádio ou televisão muito alto é sintoma claro da perda auditiva, mas pode passar despercebido caso o idoso more sozinho, por exemplo. Como o aumento no volume ocorre de uma forma lenta e progressiva, muitas vezes, nem mesmo a própria pessoa percebe essa alteração.

Por isso, é bom verificar sempre se seu familiar ou amigo na terceira idade escuta os programas alto demais.

Distração e falta de atenção

Como algumas palavras ou frases se perdem na escuta, alguns idosos passam a deixar de dar atenção a conversas e instruções. Em outros casos, a falta de contato com os sons ao redor tornam a pessoa menos atenta.

Esse é um sintoma perigoso, já que pode levar a acidentes e afetar seriamente a rotina do idoso. Também é um comportamento que, muitas vezes, pode ser confundido com outros efeitos da velhice, como senilidade.

Cansaço e tristeza

Pessoas com perda auditiva na terceira idade tendem a apresentar sintomas fortes de fadiga, se tornando desmotivadas e evitando se envolver em muitas atividades (sociais ou não). Combinado ao isolamento de amigos e família, o indivíduo pode desenvolver um quadro clínico de depressão, já que sente muita solidão e medo de se comunicar.

A dificuldade em socializar também pode causar ou agravar perdas cognitivas, além de dificultar o diagnóstico de outras doenças. Toda essa delicada situação, por vezes, exige a atenção e o cuidado multidisciplinar ao idoso afetado.

O importante é, a qualquer sinal de perda auditiva, buscar ajuda, realizando consultas com especialistas para descobrir qual o problema e iniciar tratamento com a melhor opção. Nisso, o uso de aparelhos auditivos ajuda a resolver grande parte dos entraves rapidamente.

O idoso deve receber atenção e ter apoio da família durante a adaptação à nova realidade. É essencial conversar e informar claramente sobre a tecnologia e os benefícios, quebrando estigmas sobre a surdez.

Realizar atividades com os familiares e amigos e incentivar a uma vida ativa também podem ajudar no sucesso do tratamento. Portanto, se notar qualquer mudança de comportamento do idoso, observe, investigue os motivos e mantenha-se próximo.

>> Para receber no seu e-mail mais informações sobre aparelhos auditivos e saúde, assine a nossa newsletter!

>> Você, ou seu familiar, possui alguma dificuldade auditiva ? Agende uma Demonstração sem custos com nossas soluções e sinta a diferença. Ouvir Melhor é Viver Melhor!

Você pode gostar
Emprego para pessoas com deficiência auditiva
Emprego para pessoas com deficiência auditiva/vaga PCD: entenda os direitos!
Você sabe o que é perda auditiva condutiva? Aprenda aqui!

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This