Sobre a audição

Fonofobia e misofonia: o que é e como cuidar adequadamente?

fonofobia e misofonia

Você se irrita com determinados sons ou conhece uma pessoa que sofre com isso? A intolerância a alguns ruídos específicos não é sinal de problema auditivo. Na verdade, a fonofobia e misofonia são transtornos psicológicos que podem até incapacitar um indivíduo.

Ter medo, se assustar exageradamente ou se irritar com pessoas que emitem sons considerados desconfortáveis não são atitudes normais. A doença pode desencadear ataques de raiva, pânico e provocar crises de ansiedade.

Quer entender melhor o que é misofonia e fonofobia? Então, continue com a leitura e conheça os sintomas e tratamentos desses transtornos.

O que é misofonia?

O termo “miso” tem origem grega e significa ódio ou aversão, por outro lado, “fonia” quer dizer sons. Portanto, a misofonia está relacionada a intolerância a determinados sons, como uma torneira pingando, os ruídos comuns ao usar o teclado do computador, uma pessoa mascando chiclete, entre outras situações podem causar irritabilidade extrema para quem sofre com a doença.

Também conhecida como síndrome de sensibilidade ao som seletivo, a misofonia é um problema neurológico em que os estímulos sonoros são confundidos no sistema nervoso central. Dessa forma, a pessoa não consegue ignorar os sons irrelevantes, foca na situação desconfortável, causando irritabilidade.

Apesar de as ocorrências envolverem barulhos sutis e corriqueiros, elas geram sérios problemas sociais. Como os ruídos são insuportáveis para quem os ouve, a pessoa pode chegar a agredir o responsável por emiti-lo. Por essa razão, muitas vezes, quem sofre com a condição, evita até mesmo sair de casa.

As reações aos sons desconfortáveis podem variar dependendo do grau da misofonia — leve, moderada ou severa. Veja os principais sintomas do transtorno:

  • reação exagerada a ruídos simples;
  • desespero para sair de locais incômodos;
  • irritabilidade excessiva;
  • mau humor;
  • ataques de raiva;
  • deferir ofensas aos responsáveis pelos sons.

O que é fonofobia?

Esse transtorno é determinado pelo medo ou raiva de ouvir certos sons — casos extremos da misofonia podem ser caracterizados como fonofobia. Nesse cenário, a pessoa pode sofrer com crises de ansiedade, suar e, até mesmo, apresentar taquicardia simplesmente ao ouvir talheres baterem em um prato, por exemplo.

Entretanto, nessa categoria também se encaixa o temor a sons altos como buzinas, alarmes, sirenes, fogos de artifícios e o barulho do trânsito das grandes cidades. Veja alguns indícios da fonofobia:

  • ataque de pânico;
  • crises de ansiedade;
  • aceleração dos batimentos cardíacos;
  • sudorese em excesso;
  • estresse;
  • náuseas;
  • tonturas;
  • dor física inexplicável;
  • desmaios.

Como tratar as doenças?

A irritabilidade também é uma consequência da perda auditiva, mas misofonia e fonofobia não são doenças do trato auditivo. Mesmo assim, o otorrinolaringologista deve ser acionado nesses casos, pois o tratamento pode incluir terapias de habituação sonora e do zumbido.

As fobias são medos criados pela mente de maneira inconsciente. Sendo assim, a irritabilidade aos sons cotidianos são receios irracionais. Por essa razão, a abordagem exige uma equipe multidisciplinar formada por fonoaudiólogos, psiquiatras e psicoterapeutas. Não existe cura para a condição, mas um tratamento adequado pode auxiliar o indivíduo a conviver com a patologia e manter a qualidade de vida.

Misofonia e fonofobia são transtornos que provocam irritabilidade aos sons, mas não são problemas auditivos, como já mencionamos. Contudo, ao identificar os primeiros sintomas, é fundamental procurar ajuda especializada para avaliar o caso e conseguir um tratamento adequado. Dessa maneira, a pessoa pode controlar os medos e garantir uma vida saudável.

Se identificou com os transtornos? Não? Então o seu problema pode ser outro. Entre em contato conosco e esclareça todas suas dúvidas.

Você pode gostar
Entenda mais sobre a surdez: veja suas causas e tratamentos
Perda auditiva pode mudar o comportamento e a personalidade
Perda auditiva pode mudar o comportamento e a personalidade: mito ou verdade? Descubra!
33 Comentários
  • Shirley Gomes jun 18,2019 at 2019-06-18T01:06:00+00:000000000030201906

    Eu tenho 29 anos e desde que me entendo por gente sogro de minosofia não aguento ninguém comer do meu lado, e pessoas q faz barulho com a boca. Mais eu também tenho zumbido será que tem alguma relação???

    • Audium jun 21,2019 at 2019-06-21T10:53:31+00:000000003130201906

      Oi Shirley. O otorrinolaringologista também deve ser acionado! Stress/Irritabilidade causa zumbido… As vezes até uma equipe multidisciplinar para diagnosticar corretamente. Qualquer dúvida, estamos a sua disposição…

  • Cleide jun 2,2019 at 2019-06-02T23:50:06+00:000000000630201906

    Eu não suporto lugares com muitas pessoas conversando alto,sons ou ouvir uma conversa longa

  • Juliana Maio 28,2019 at 2019-05-28T00:36:01+00:000000000131201905

    Olá! Eu tenho vontade de agredir pessoas q fazem barulho ao comer bater o talher no prato em fim, esse pequenos barulhos me irritam pra valer, chego a sentir um ódio extremo. Isso é pessimo

  • rayanne Maio 22,2019 at 2019-05-22T01:32:32+00:000000003231201905

    olá, eu tenho misofonia, eu fico extremamente irritada e com ódio profundo quando escuto sons tipo: Mastigar, sugar (barulhos com a boca em geral), talheres batendo no prato (e de fato é só quando tem apenas alguns, pois em um restaurante eu já não sinto tanta irritabilidade quanto em um jantar de familia), saco plástico. Mas o que mais me irrita e incomoda é a mastigação. Já cheguei a chorar e ficar em pânico por minha amiga estar mascando chiclete de boca aberta e chupando um pirulito.
    A que profissional eu devo recorrer primeiro?

    • Audium jun 21,2019 at 2019-06-21T12:06:32+00:000000003230201906

      Oi Rayanne. Não é uma doença de trato auditivo – Observando o texto, você segue nesse caso com uma equipe multidisciplinar – pode começar com um otorrino/especialista que vai lhe direcionar…

  • Joseane Maio 8,2019 at 2019-05-08T13:39:22+00:000000002231201905

    Eu nao consigo almoçar ou fazer qualquer refeição ao lado de pessoas que fazem barulho para comer, é desconfortante. O barulho me deixa apreensiva e com raiva.

  • Carlos Eduardo Bispo Maio 5,2019 at 2019-05-05T20:15:02+00:000000000231201905

    Olá!
    Tenho uma filha de 12 anos que não suporta ouvir a mãe comer ou engolir líquidos. Está fazendo acompanhamento psicológico, mas não vejo melhora, pelo contrário…
    Onde posso encontrar ajuda?
    Agradeço retorno

    • Audium jun 21,2019 at 2019-06-21T13:59:41+00:000000004130201906

      Olá Carlos – A misofonia não é uma doença de trato auditivo – mas um otorrinolaringologista também pode passar algumas “terapias de habituação” que podem ajudá-la – Consulte o especialista 😉

  • Bruna Elisa Maio 4,2019 at 2019-05-04T01:16:16+00:000000001631201905

    Os sons me estressa… As pessoas mesmo no tom normal parece estar gritando, vivo pedindo para abaixar o volume da tv por o barulho me desorienta.

    Escuto os sons mais impossíveis: tic tac do relógio, o Tália filtrando a água, a despertador do vizinho que só eu escuto e meu esposo não RS… O cachorro a metros e metros de distância, tenho que tirar a pilha dos relógios de parede… Isso tudo se torna uma tortura no silêncio da noite. Me irrita profundamente!

    • Audium jun 21,2019 at 2019-06-21T14:00:40+00:000000004030201906

      Oi Bruna. Terapias de habituação talvez possam lhe ajudar! consulte um médico especialista – http://www.audiumbrasil.com.br

  • Elizabete Prysthon Maio 2,2019 at 2019-05-02T16:24:07+00:000000000731201905

    Tenho um ódio doentio por pessoas que assobiam, que mastigam alto e que fazem umas coisas com as mãos ou pés, os mexendo de forma constante. Essas situações me deixam desconsertada e com muito ódio. Já cheguei a me machucar, dá uma vontade imensa de chorar, de matar quando sinto isso. Já falei com um psiquiatra e o mesmo não sabia ao certo como tratar isso. Fico sem saber o que fazer, ando de fone de ouvido alto pra não ter que escutar certas coisas que venham no decorrer do caminho, mas é ruim pra mim. Fico tonta, com dor de cabeça sempre. Queria achar uma solução pq isso é um sofrimento. Meu marido e meu filho já ficam nervosos quando estão comigo e escutam os ruídos que me incomodam. Até falam que eu mudo completamente. E realmente eu fico descontrolada com tudo isso. Alguém sabe como posso tratar isso ou minimizar isso?
    Obrigada!

  • Anônimo abr 30,2019 at 2019-04-30T16:39:33+00:000000003330201904

    Meu filho tem misofonia , seus ataques de fúria são constantes. O mais interessante é que os sons que a incomodam são principalmente os sons que eu e minha esposa produzimos. Começou com os sons de mastigação. Ela se virava na mesa, depois passou a almoçar no canto da sala, evoluiu para o quarto. Agora, mesmo do quarto, eu com a tv ligada, ela consegue distinguir os sons e se irritar comigo, mas é uma irritação de de socar as coisas, bater as porta, jogar coisas pelo chão, gritar.

    Mais interessante ainda é que na casa de minha mãe ela almoça com os tios e primos e não se irritar.

    • Audium jun 21,2019 at 2019-06-21T14:04:36+00:000000003630201906

      Bem diferente – Obrigado por compartilhar – O que os médicos / especialista sugeriram para ele… ? Abs

  • janete gomes abr 28,2019 at 2019-04-28T20:28:13+00:000000001330201904

    Ola. Desde criança detesto ouvir alguém mastigar, arrotar, estalar dedos, assobiar, som muito alto…. e ai se vai uma serie de sons que não suporto. Hoje estou com 66 anos e nada mudou com relação ao que sempre senti. Tenho que suportar mesmo

  • Shirley abr 25,2019 at 2019-04-25T01:59:01+00:000000000130201904

    Meu filho tem 12 anos e não gosta de barulhos, uma vez foi ao cinema com 3 anos e tive que sair, nunca mais conseguir levá-lo novamente. Na escola se incomoda com os colegas, so quer andar com blusa que tem capuz, não gosta de lugares que tenha som alto ou muita gente, festas como Ano novo, São João que possui fogos de artifício não tolera, se esconde no quarto e diz que o barulho está na cabeça. Seria indício de ser a misoginia?
    Qual profissional devo levar?

    • Audium jun 21,2019 at 2019-06-21T13:56:38+00:000000003830201906

      Oi Shirley. A misofonia exige uma equipe multidiscilplinar – Mas como disse o texto acima, pode buscar um otorrinolaringologista que ele vai se encarregar de buscar os próximos passos.

  • Maria José Colares abr 23,2019 at 2019-04-23T21:14:58+00:000000005830201904

    # Voz gritante. Corrigindo, não tem o sem.

  • Maria José Colares abr 23,2019 at 2019-04-23T21:12:17+00:000000001730201904

    Boa noite. Eu sinto angustia ao ouvir ruídos como: Som de chinelo, mastigação com a boca aberta, voz sem gritante alta,sons repetitivos , bater de objetos etc. Penso que tenho misofonía e fonofobia. É grave isso?

    • Audium jun 21,2019 at 2019-06-21T13:50:21+00:000000002130201906

      Oi Maria – Não é considerada uma deficiência de trato auditivo – mas pode desencadear stress, irritabilidade entre outras coisas…O que vai definir “grave” é o quanto você consegue conviver com isso no dia à dia…

  • Neves abr 13,2019 at 2019-04-13T23:02:22+00:000000002230201904

    Olá! Tenho 19 anos e já há uns anos que, por exemplo, na hora de dormir, se alguém me for fazer companhia, o simples desbloquear do celular me impede de dormir, o acender de uma televisão numa outra divisão, um vizinho do andar de cima falando alto mas com a voz muito abafada no meu apartamento, parece que sinto tudo. Basta também um pequeno barulho de fundo, por mais baixo que seja, já perturba o meu sono. No dia a dia, coisas simples como o bater dos talheres nos pratos, alguem mastigando ou respirando um pouco alto já me incomodam… qualquer barulho ou atividade mexem comigo, mas não é sempre que me irrito, só me incomoda e noutros dias é como se fosse uma sensação de irritabilidade por um problema sem solução (no caso, como acabar com o barulho)… os únicos barulhos a que estou habituada são os do dia a dia como as buzinas no trânsito, ambulâncias e essas coisas que acontecem normalmente… nunca procurei nem sei se existe meio de diagnosticar isso, mas me deixa profundamente confusa por não saber o porquê de isso tudo me incomodar e o pessoal à minha volta falar que é drama!

  • Ana Paula abr 10,2019 at 2019-04-10T18:49:44+00:000000004430201904

    Há uns 25 anos passei a me incomodar com, chupacao de nariz, arrastacao de chinelo, mastigação, barulhos celulares (bips, toques, músicas) respiração ofegante marido, duas pessoas falando comigo ao mesmo tempo entro em pânico o coração acelera querendo correr. Morei 9 anos na Praça, alguns sons me encomodava Muito, mudei e ainda fico pensando que irei ouvir o mesmo barulho. Pode ser misofonia?

    • Audium jun 21,2019 at 2019-06-21T13:52:58+00:000000005830201906

      Pelo que mencionou – parece ser algo diferente – pois você tem receio a esses barulhos – algo suportável.
      Misofonia pode trazer problemas sociais….

  • Luc Buyse abr 7,2019 at 2019-04-07T22:45:51+00:000000005130201904

    Tenho misofonia .não suporto música alta e ladir de cachorro . Ando sempre com fone de ouvido para fugir disso. Acredito mais nas terapias que medicamentos . Abraços . Atenciosamente
    Luc Buyse

    • Audium jun 21,2019 at 2019-06-21T13:55:26+00:000000002630201906

      Obrigado por compartilhar – Terapias musicais são opções de tratamento mesmo … 😉

      A Audium conta com profissionais que respondem para questões exclusivas sobre Saúde Auditiva, como o Fonoaudiólogo, que é responsável pela promoção, prevenção, avaliação, orientação, terapia e aperfeiçoamento dos aspectos da comunicação e audição.

      Estamos a sua disposição no 0800 011 1000 – http://www.audiumbrasil.com.br/agende

  • Gabriela Dias abr 3,2019 at 2019-04-03T23:21:52+00:000000005230201904

    Me incomodo muito com certos sons, como por exemplo televisão alta ( que as vezes pra certas pessoas nem está tao alta assim, mas para mim sempre está) , pessoas comendo , chupando os dentes depois da refeição dentre outros. Tenho problema com um familiar por conta disso, por ele fazer todos os sons que me irritam, eu sempre me isolo , sinto raiva, nojo e vontade de gritar , me tranco no quarto e coloco músicas do meu gosto para se distrair e não ouvir tal som ou ate mesmo dormir e usar no dia a dia protetores auriculares, esta sendo minha salvação. Pretendo procurar tratamento, mas isso já indica que sofro de Misofonia?

    • Audium jun 21,2019 at 2019-06-21T14:03:25+00:000000002530201906

      Oi Gabriela – Só um médico para lhe dar o diagnóstico – mas são sintomas sim …

      A Audium conta com profissionais que respondem para questões exclusivas sobre Saúde Auditiva, como o Fonoaudiólogo, que é responsável pela promoção, prevenção, avaliação, orientação, terapia e aperfeiçoamento dos aspectos da comunicação e audição.

      Estamos a sua disposição no 0800 011 1000 – http://www.audiumbrasil.com.br/agende

  • Edilaine mar 29,2019 at 2019-03-29T23:39:27+00:000000002731201903

    Ultimamente na sala de aula não consigo mas suportar qualquer barulho fico estressada querendo fugir do lugar meu coração acelera fico com dor de cabeça fico mal por conta do barulho até da vontade de chorar de raiva por tanto barulho

    • Audium jun 21,2019 at 2019-06-21T14:02:09+00:000000000930201906

      Oi Edilaine. Precisamos buscar ajuda – inclusive de um equipe multidisciplinar – sugiro que busque um médico especialista para lhe ajudar =)

      A Audium conta com profissionais que respondem para questões exclusivas sobre Saúde Auditiva, como o Fonoaudiólogo, que é responsável pela promoção, prevenção, avaliação, orientação, terapia e aperfeiçoamento dos aspectos da comunicação e audição.

  • Ana mar 17,2019 at 2019-03-17T12:59:04+00:000000000431201903

    Olá. Há uns seis anos desenvolvi um pânico ao som do ritmo funk. Quando ouço as batidas meu.coraçao dispara, dependendo da situação minhas mãos suam. E mesmo que o som não esteja numa altura suportável eu fico esperando a hora que vão aumentar o volume. Quando vou à igreja não me incomodo com os louvores e outros ritmos me incomodam pouco. Mas o funk não tem jeito, é uma sensação física de desespero e minha cabeça já fica em alerta o tempo todo. Isso se encaixa em fonofobia?

    • Audium mar 18,2019 at 2019-03-18T14:50:30+00:000000003031201903

      Olá Ana. Não o classificaria nesse tipo de situação que mencionou … Mas os sintomas são parecidos. Sugiro que se isso for incomodo, busque um especialista =)

  • Valdelice Aparecida Nascimento nov 4,2018 at 2018-11-04T19:45:04+00:000000000430201811

    Operei de neurinoma e perdi 100% da audição LE, e do direito eu já não tinha boa audição, e sofro muito com os dois
    misofonia e fonofobia, o que devo fazer?

    • Audium nov 12,2018 at 2018-11-12T12:57:49+00:000000004930201811

      Olá Valdelice. Tudo bem? Bom, o 1o passo é consultar o especialista / otorrinolaringologista. Ele já alegou que você pode ter ganhos com aparelhos ? Se sim, com certeza nós poderemos lhe ajudar
      Misofonia / Fonofobia – na verdade não são problemas de audição – mas também pode ser orientados pelo especialistas…
      Se você quiser conhecer nossas soluções – você pode agendar uma demonstração pelo 0800 011 1000 – http://www.audiumbrasil.com.br/agende

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This