Sobre a audição

O que causa a perda auditiva? Veja aqui!

perda auditiva

Prestar atenção aos sinais do corpo é indispensável para cuidar melhor da saúde e dos sentidos. Ao ter dificuldades para ouvir sons que eram tão comuns ou mesmo para participar de conversas, é preciso ter máxima atenção. O sentido pode estar afetado, e saber o que causa a perda auditiva é essencial.

Esse é um quadro com muitos impactos no cotidiano e que inspira alguns cuidados. Ao entender melhor essa condição, é possível até evitá-la ou tratá-la corretamente, se for necessário. Na sequência, veja o que causa a perda auditiva e compreenda quais são as suas principais características.

Afinal, o que é esse quadro?

A perda auditiva está relacionada à diminuição da capacidade de ouvir, com precisão, os diversos sons do ambiente. A perda não é abrupta e nem acontece de uma só vez. Normalmente, ela começa com a dificuldade para reconhecer sons baixos ou tons agudos e graves.

Como fica mais difícil de entender e distinguir os sons, pode haver um isolamento social. Participar das conversas, ir a restaurantes e até assistir à TV já não é como antes, o que afeta o cotidiano.

O que causa a perda auditiva?

No ouvido interno, o principal fator é a má conexão entre a cóclea e o cérebro. Os estímulos sonoros não são enviados corretamente e, assim, não dá para escutar da maneira adequada. Se as ondas sonoras não passarem de maneira satisfatória pelas estruturas externas, o quadro também se consolida.

Há muitos fatores que o origina. Então, é essencial compreender quais são os motivos desse problema. Confira quais são os principais!

Envelhecimento

Com o passar dos anos, ocorre uma degeneração natural das células. Com a cóclea, acontece a mesma coisa, o que afeta a audição. É por isso que pessoas idosas, normalmente, têm maior dificuldade de ouvir.

Exposição excessiva a ruídos

O ambiente é outro fator que causa a perda auditiva. Quem é exposto a locais barulhentos, por longos períodos, corre mais riscos de encarar o problema. Isso acontece tanto no trabalho, quanto na cidade ou ao ouvir música com decibéis muito elevados.

Tímpano perfurado

O tímpano é uma membrana responsável pela captação das ondas sonoras e que é essencial para a audição. Se ele estiver perfurado ou lesionado, é normal não conseguir ouvir corretamente. No caso de perfuração, o problema é urgente e exige atenção imediata.

Infecções

Infecções na orelha média e em outras partes do canal auditivo podem “bloquear” a passagem de sons e gerar o quadro. Além disso, quadros graves podem afetar permanentemente as estruturas, por isso o tratamento é tão necessário.

Acúmulo de cera

O cerúmen, cerume ou cera de ouvido serve para a proteção do canal auditivo e não deve ser retirado se não for por um profissional. Porém, em grande quantidade, ele bloqueia a via e leva à perda da capacidade de escutar corretamente.

Mudanças de pressão

Ao andar de avião, alcançar elevadas altitudes ou mergulhar, há uma grande diferença de pressão. Se o corpo tiver dificuldade de se acomodar, há a sensação de “água no ouvido” e pode até haver a ruptura do tímpano, dois casos que geram a perda.

Como evitar esse problema?

Apesar de o envelhecimento ser a principal resposta para o que causa a perda auditiva, é possível tomar algumas medidas de precaução. É essencial não se expor a ruídos mais altos que o limite de decibéis que é recomendado, por exemplo. O uso de protetores em diversas situações é a melhor saída.

Também não se automedique e evite inserir objetos no canal auditivo, mesmo que com a intenção de retirar cera. Se sentir incômodo, procure um médico otorrinolaringologista para que a solução seja segura.

Além disso, se notar qualquer sintoma desse quadro, é válido realizar um teste de audição. Com o diagnóstico preciso, será possível prosseguir com os tratamentos adequados.

Após descobrir o que causa a perda auditiva, há a chance de proteger melhor esse sentido e de reconhecer os primeiros sinais. Com ajuda especializada, dá para aumentar a qualidade de vida.

Você sofre com o problema ou conhece alguém com esses sintomas? Comente e participe!

Você pode gostar
Surdez súbita: Entenda esse tipo de surdez que acontece repentinamente
ruído branco
Afinal, o que é ruído branco e como ele afeta o cérebro positivamente?

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This