Sobre a audição

Entenda o que é a otite de repetição e saiba como tratá-la

Otite de Repetição

A otite de repetição é uma inflamação na orelha média ou externa que causa desde sintomas mais leves, como coceira e zumbido, até mais intensos, como febre e perda temporária da audição.

O problema pode acometer pessoas em qualquer idade, principalmente devido a maus hábitos de higiene. Contudo, o mais comum é afetar nadadores e crianças entre 6 meses e 3 anos de idade.

Fatores como umidade excessiva, no caso dos nadadores, e o frágil sistema imunológico ainda em formação de bebês e crianças, favorecem o desenvolvimento da doença, por exemplo.

Continue a leitura e saiba sobre os sintomas, causas e tratamentos adequados para a otite de repetição.

O que é otite de repetição?

O termo refere-se a uma infecção localizada na orelha média ou externa, ou na mucosa do ouvido e no tímpano. A dor de ouvido é a principal característica, sendo causada, principalmente, pela entrada de microrganismos na orelha.

A inflamação pode ser do tipo externa, quando a doença se instala na pele do canal do ouvido (ou conduto auditivo), ou do tipo média, quando a otite acomete a membrana do tímpano e atrás dela.

Sintomas de inflamação

Os sintomas da otite externa são diferentes da média e esse é um fator muito importante para o especialista indicar o melhor tratamento para a doença. Quando afeta o conduto auditivo, os principais sintomas são:

  • dor aguda;
  • ausência de cera ou cerúmen;
  • coceira intensa no ouvido;
  • surdez temporária pela obstrução do canal auditivo;
  • sensação de “som abafado”;
  • calor, inchaço e vermelhidão no canal;
  • secreções intensas;
  • estenose (causada pela descamação em torno do conduto auditivo).

Em relação à otite média, além da dor aguda, os sintomas são semelhantes a doenças respiratórias:

  • febre;
  • zumbido constante no ouvido;
  • produção acentuada de muco (catarro);
  • inchaço das mucosas localizadas nas narinas;
  • sensação de pressão no ouvido;
  • acúmulo de líquido na orelha média;
  • inchaço, vermelhidão e arqueamento do tímpano.

Principais causas da otite de repetição

Há causas pontuais para desencadear a doença, principalmente em crianças. Veja:

Falta de aleitamento materno

Mamar no peito por, pelo menos, seis meses de idade diminui as chances de desenvolver otites. O leite materno, um dos alimentos mais completos que existem, proporciona a transferência de diversos anticorpos e células de defesa para o lactente.

Outro fator é que a amamentação ajuda a desenvolver a musculatura orofacial e previne o refluxo, que também causa otites.

Cigarro

Mesmo quem não faz uso do cigarro está sujeito a otites pelo convívio com fumantes. O chamado fumo passivo é um grande risco para todo tipo de infecções e alergias, não somente no ouvido.

Aliás, outro problema ocasionado pelo cigarro é o agravamento da síndrome de Ménière, uma enfermidade que causa vertigem e perda temporária de audição, entre outros malefícios.

Infecções e alergias

As otites podem ser desencadeadas por alergias e infecções virais ou bacterianas, sendo o segundo tipo mais comum. Um simples resfriado pode inchar e bloquear as tubas auditivas, aumentando a invasão dos micro-organismos.

Por isso, quando houver infecções, é importante estar atento a qualquer incômodo nos ouvidos e procurar um médico o quanto antes.

Inflamação da adenoide 

Outra forma de adquirir a otite é por meio da inflamação da adenoide, um órgão do sistema imune que fica atrás do nariz. Por estar perto da entrada das tubas auditivas, uma simples inflamação daquele órgão pode bloqueá-las.

Melhores tratamentos para otite de repetição

O primeiro passo para tratar uma otite de repetição é procurar um médico otorrinolaringologista, que é o especialista. Ele irá avaliar os sintomas para dar o correto diagnóstico do problema.

A otite externa requer um tratamento bem diferente da média e, por isso, somente o médico tem condições de indicar como será o acompanhamento da doença.

Geralmente, o tratamento se dá por meio do uso de antibióticos. Contudo, se houver crises frequentes e graves, pode ser necessário o uso de “um carretel” e em algumas vezes pode ocorrer uma perfuração timpânica. Esse procedimento é uma cirurgia simples para “colocação de um tubo de carretel no tímpano”, a fim de drenar toda a secreção causadora da inflamação.

O mais importante é cuidar da saúde auditiva, evitando problemas como a otite de repetição, garantindo assim mais qualidade de vida e felicidade no dia a dia!

E aí, gostou do artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdos de qualidade como este!

Você, ou seu familiar, possui alguma dificuldade auditiva ? Dê o primeiro passo. Agende uma triagem e teste gratuitamente nossas soluções. 0800 011 1000

Você pode gostar
Estresse causa perda auditiva
Estresse causa perda auditiva? Saiba qual a relação existente!
famosos com deficiência auditiva
Conheça: 6 famosos com deficiência auditiva

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This