Sobre a audição

Perda auditiva na terceira idade: fique por dentro do assunto

perda auditiva na terceira idade

Conforme vamos ficando mais velhos, é comum que algumas funções não funcionem tão bem quanto antes. Assim, muitas vezes, vamos nos adaptando a isso e não percebemos que estamos sofrendo de males que podem trazer sérias decorrências, como a perda auditiva.

Se você tiver notado que uma pessoa idosa está com dificuldades de compreender o que está sendo falado, mostra-se aflita em situações com muitos ruídos ou reclama de um zumbido diferente no ouvido, é bom procurar um médico. Neste post, listamos algumas das consequências ruins de negligenciar esse problema. Leia tudo e preste atenção aos sinais!

Conheça alguns sintomas da perda auditiva em idosos

Existem muitos fatores que podem ocasionar a perda auditiva na terceira idade. Como não é algo que acontece da noite para o dia, na maioria das vezes, as pessoas só percebem que algo está errado quando a situação já está mais avançada.

Dessa maneira, é bom ficar sempre alerta para perceber se a pessoa apresenta dificuldades para falar ao telefone, por exemplo, pede para que você repita muitas vezes a mesma coisa, coloca a televisão em um volume muito elevado ou não atende quando é chamada. Nesses casos, vale a pena procurar um médico para ver se está tudo certo com ela.

Observe as consequências da perda da audição

Os problemas na audição podem resultar em diversos outros males. Depressão, isolamento social, sentimento de inferioridade e, até mesmo, a demência senil podem ser alguns deles. Continue a leitura para entender mais!

Saiba por que a perda auditiva pode causar demência

Quando a pessoa idosa deixa de ouvir adequadamente, as regiões cerebrais responsáveis por processar e interpretar o som, a linguagem e a memória auditiva deixam de ser estimuladas. Com isso, alguns estudiosos acreditam que isso leve ao comprometimento cognitivo, à atrofia cerebral e, até mesmo, ao mal de Alzheimer.

Entenda por que ouvir mal pode levar à depressão

Quem sofre de perda auditiva, muitas vezes, sente vergonha ou não compreende o que está acontecendo de errado. Com isso, passa a conversar menos, evita a interação social, deixa de se reunir com amigos e familiares e sente-se frustrado por precisar pedir aos outros que repitam a mesma coisa por diversas vezes.

Se o problema não for bem tratado, sentimentos de baixa autoestima, raiva, impaciência, ansiedade e incompetência podem levar o indivíduo a se sentir rebaixado e pouco útil. A partir de então, essas pessoas começam a apresentar quadros de melancolia e abatimentos, que facilmente evoluem para uma depressão.

Descubra o que pode causar desgaste emocional

Não entender o que está acontecendo ao redor pode ser tremendamente estressante. Sons comuns do dia a dia, como uma pessoa chamando ou uma conversa entre amigos, podem se mostrar um tormento!

Assim, é normal que a pessoa fique nervosa por ter que se esforçar mais para fazer as tarefas simples, como atender ao telefone. Esse sentimento gera um enorme desgaste emocional, que ainda pode resultar em outras doenças ligadas ao excesso de cortisol e adrenalina no sangue.

Veja como prevenir a perda auditiva em idosos

A exposição contínua a ruídos por períodos prolongados, a degeneração natural, a genética e, até mesmo, as eventuais sequelas de outras doenças são fatores que podem diminuir gradativamente a audição. Vale a pena evitar se expor ao excesso de ruídos e ouvir música (ou televisão) em um volume elevado. Essas precauções podem ajudar a reduzir o agravamento do quadro.

A perda auditiva é um problema grave e que precisa de tratamento apropriado para evitar que evolua para consequências ainda piores. Por isso, procurar um médico para a prescrição de um bom aparelho auditivo contribui muito para a estabilização do quadro e para que a qualidade de vida do usuário seja restaurada.

Na Audium Brasil, você encontra as melhores soluções em aparelhos do mercado para a perda auditiva. Com certeza, você terá a oportunidade de descobrir um dispositivo que se adapte bem às suas necessidades e aos seus recursos financeiros.

Está preparado para cuidar de quem você ama? Então, continue com a gente e veja também como a alimentação saudável previne a perda auditiva.

Você pode gostar
Como o comportamento do idoso é alterado com a surdez
Entenda como o comportamento do idoso é alterado com a surdez
Deficiência auditiva
Deficiência auditiva: veja as regras da isenção nos impostos de carro!

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This