Sobre a audição

Você sabe como a pressão alta está ligada à perda de audição?

pressão alta

Engana-se quem pensa que a perda auditiva é causada apenas pela exposição constante a ruídos ou por predisposições genéticas. A pressão alta, problema que atinge cerca de 50% da população acima de 60 anos, tem ligação direta com o processo de perda de audição.

A hipertensão, que significa o aumento da pressão arterial, é uma condição temida principalmente por suas consequências.

Neste texto, vamos apresentar as características da doença e mostrar como ela se relaciona com problemas auditivos. Continue lendo e confira!

O que é a hipertensão arterial?

Considerada ao mesmo tempo uma doença e um fator de risco, a condição, que é popularmente conhecida como pressão alta, é definida pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como um dos maiores desafios da saúde pública.

Uma pessoa é considerada hipertensa quando sua pressão arterial é, sistematicamente, igual ou maior que 14 por 9. Em geral, é difícil identificar precisamente o que causa a doença, mas existem fatores externos e internos que podem contribuir para o seu surgimento. Alguns deles são:

A hipertensão é um fator de risco para diversos outros males. Se não tratada, pode ocasionar doenças no coração, insuficiência renal e alterações na visão. Além disso, tem influência direta em problemas no sistema auditivo.

Como a pressão alta se relaciona com a perda auditiva?

A pressão arterial age bombeando o sangue do coração para o restante do corpo. Quando ela se encontra alta, os vasos sanguíneos aumentam sua resistência, dificultando a circulação do sangue. Dessa maneira, o fluxo sanguíneo é corrompido.

O aparelho circulatório é responsável pelo abastecimento de oxigênio e nutrientes que possibilitam que as células do corpo realizem suas funções. Logo, a diminuição dessa distribuição no ouvido interno causa, de forma súbita ou gradual, a perda auditiva.

Além de prejudicar a circulação de oxigênio, a pressão elevada no sistema vascular pode também causar hemorragias na orelha interna, agravando problemas auditivos que já estejam em desenvolvimento.

Rompimento de veias

Quando os vasos sanguíneos estão contraídos, a pressão arterial elevada pode ser forte o suficiente para romper as veias mais finas e frágeis. Muitas dessas veias estão localizadas ou conectadas na região do ouvido e, ao serem danificadas, prejudicam o funcionamento de todo o aparelho auditivo – podendo até causar o que conhecemos como zumbido

Além da perda auditiva, a pressão alta tem o potencial de causar diversas consequências para a saúde. Os riscos de infarto aumentam, os acidentes vasculares cerebrais têm maior probabilidade de acontecer, e os rins ficam expostos a casos de insuficiência.

Assim, combater os fatores que podem causar a hipertensão é fundamental. Por isso, busque um estilo de vida saudável e sem estresses, que combine alimentação de qualidade com exercícios físicos frequentes. Além disso, lembre-se que a pressão alta não é a única causa para a perda auditiva. Portanto, para proteger seus ouvidos, evite a exposição frequente a ruídos e sons muito altos.

E aí, ficou claro que problemas de hipertensão podem prejudicar diretamente a sua capacidade de audição? Que tal compartilhar em suas redes sociais e deixar seus amigos por dentro do assunto?

Você pode gostar
5 consequências da Perda Auditiva na Terceira Idade que você precisa saber
fumar causa perda auditiva
Fumar causa perda auditiva? Descubra!

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This