Depoimentos

Rodrigo Reimberg | Conte sua história

Conte sua história

Me chamo Rodrigo Reimberg, tenho 32 anos de idade, atuo profissionalmente como consultor de tecnologia de informação e também sou praticante de atividades físicas.

Quero primeiro contar brevemente história sobre a minha audição:

Nasci com problema congênito nos dois ouvidos, sendo o direito o mais deficiente, a percepção veio aos 6 anos de idade quando em alguns momentos em família / escola eu não escutava algumas palavras, embora, pra mim fosse algo normal.

Meus pais procuraram ajuda médica e com exames foi diagnosticado a deficiência auditiva e para a correção seria necessário utilizar aparelhos auditivos… como na época; 1992, ainda era algo muito restrito, o que tornava muito caro, utilizei aparelho em apenas um ouvido, no caso, o mais deficiente, o direito. Embora necessário utilizava poucas vezes, na época não era algo tão crítico pois quando não entendia algo eu sempre utilizava o famoso “que?”

Enfim, em meados de 1999, com o avanço tecnológico na medicina procuramos novamente o médico com a esperança de realizar uma cirurgia e ter uma vida normal, fiz vários exames, e marcamos a cirurgia no ouvido direito.

Fiz a cirurgia e nada mudou, continuou igual, o médico disse que poderia ocorrer esse resultado e em virtude da minha boa reação, tentou novamente o mesmo ouvido. Ao acordar da segunda cirurgia, algo diferente ocorreu, estava escutando muito bem, pois meu ouvido esquerda tinha uma pequena deficiência e o direito estava bom. Um ano depois o médico operou o ouvido esquerdo e infelizmente a cirurgia não foi um sucesso, não tive uma boa reação e percebi ao acordar que “meu lado esquerdo estava todo fechado” essa é a sensação da surdez.

Com o tempo, o ouvido direito deixou de ser bom e notei dificuldades auditivas. Novamente procurei ajuda médica e recomendaram a utilização dos aparelhos auditivos. Fiz o teste com aparelhos convencionais e não me adaptei. Optei por outra marca e outro tipo de aparelho, supriu a necessidade por um bom tempo e o utilizei até 2014 quando ele parou de funcionar. A Paula em 2014 entrou em contato me oferecendo o teste do Lyric que até hoje sou usuário, percebi imediatamente a qualidade do produto, passei a escutar sons que não percebia, como pássaros, chuva, o tomar do banho e etc…coisas simples mas que se tornaram prazerosas para ouvir. Muita coisa mudou, no meu trabalho e vida social pude interagir melhor com as pessoas. Atuo na área de informática até barulhos de componentes eletrônicos passei a escutar. Na prática de atividades físicas me sinto mais livre para executar movimentos de alta intensidade pois sei que o suor não irá danificar meu aparelho, enfim, o Lyric mudou a minha vida.

Rodrigo Reimberg – Cliente Lyric e Audium

>> Você, ou seu familiar, possui alguma dificuldade auditiva? Dê o 1o passo – Ouvir Melhor é Viver Melhor – Agende uma demonstração gratuitamente

Você pode gostar
Thiago Bórnia
Thiago Bornia | Conte sua história
Thiago Bornia - Aparelho Auditivo
Thiago Bornia – 5 meses de uso com os aparelhos

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site