Sobre a audição

Surdez unilateral? Acontece… ?!

A surdez unilateral, também conhecida como SSD ou perda auditiva unilateral, é um problema de audição causado por infecções viróticas, enfermidades na cabeça, doença de Meniére, problemas auditivos em geral e até mesmo procedimentos cirúrgicos no cérebro e região, como remoção de tumores. Ela se caracteriza pela alteração ou perda auditiva total em apenas um dos ouvidos, sendo que o outro escuta normalmente.

Algumas pessoas conseguem se adaptar melhor ao problema, enquanto outras precisam de um trabalho mais detalhado para alcançarem uma convivência mais confortável. O importante, porém, é fazer o diagnóstico o quanto antes, para que o tratamento e a adaptação sejam mais rápidos.

Por isso, vamos explicar no artigo de hoje quais são os sintomas e quais providências podem ser tomadas para tratar este tipo de surdez. Acompanhe!

Quais são os sintomas da surdez unilateral?

Portadores de surdez unilateral são, muitas vezes, considerados desinteressados, distraídos ou desligados por quem não conhece seu problema. Isso se deve à gravidade dos sintomas, que podem até mesmo colocar a vida da pessoa em risco, dependendo da situação.

Aqui estão alguns deles:

Dificuldade para identificar de onde vem o som

Na maioria dos casos, esse é um dos sintomas de maior perigo. Quando o portador não consegue identificar a origem de determinados sons pode correr riscos no trânsito, por exemplo, tanto como pedestre como motorista.

Grande esforço para ouvir em meio a ruídos

Em geral, este é o primeiro sintoma de surdez unilateral identificado. A dificuldade para ouvir em meio a ruídos vale tanto para conversas em família ou entre amigos, quanto em situações corriqueiras que envolvem compras em uma loja ou assistir a um filme no cinema.

Compreensão fraca de fala quando há muitas pessoas no local

Em ambientes muito movimentados como estádios ou quadras de esporte, shows e festas, há não só o barulho de música e ruídos, mas também muita conversa paralela. Portanto, para os portadores da surdez unilateral é mais difícil compreender uma conversa particular e manter uma troca de ideias nesses locais.

Dificuldade no equilíbrio

Não conseguir caminhar em linha reta, pender para um lado ou sentir falta de firmeza ao andar também pode ser um sintoma de surdez unilateral. A audição está diretamente ligada ao equilíbrio e, quando afetada, faz com que o indivíduo sofra tonturas. Este também pode ser um sintoma da doença de Meniére, que começa atacando um ouvido e causando surdez unilateral, mas pode passar para o outro rapidamente.

Existe tratamento para a surdez unilateral?

Infelizmente, a surdez unilateral pode passar despercebida por muitas pessoas. Por isso, é importante estar atento a mudanças de comportamento, hábitos e costumes de quem faz parte de seu convívio, para que a procura pelo médico aconteça logo e o tratamento possa ser iniciado.

Existem diversos tipos de tratamentos, dentre eles o uso de aparelho auditivo convencional ou no caso do não benefício deste, ainda existe outra solução, o sistema CROS, que é uma avançada tecnologia wireless que envia os sons para um moderno e discreto aparelho auditivo adaptado no ouvido normal.  O uso destes instrumentos, aliado a um acompanhamento fonoaudiológico, vai permitir que o indivíduo se sinta estimulado a manter uma convivência social.

É muito importante aconselhar as pessoas próximas de quem possui surdez unilateral que demonstrem apoio, pois tais atitudes fazem toda a diferença na forma de encarar esta condição.

A surdez unilateral é um problema que faz parte da vida de muitas pessoas, mas que pode ser superado com a correta atenção às recomendações médicas.

Se você se identificar com alguma dica destas procure rapidamente um médico otorrinolaringologista!

Para continuar por dentro do assunto, leia nosso artigo sobre as consequências da perda auditiva na terceira idade!

Você, ou seu familiar, possui alguma dificuldade auditiva? Agende uma triagem auditiva, Teste grátis e Experimente ouvir melhor por 14 dias.

Você pode gostar
Cansaço, indiposição e a Perda Auditiva
Cansaço e indisposição: saiba a relação com os problemas auditivos!
fonofobia e misofonia
Fonofobia e misofonia: o que é e como cuidar adequadamente?

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This