Dicas

Veja por que não é recomendado tirar cera do ouvido

não é recomendado tirar cera do ouvido

Veja por que não é recomendado tirar cera do ouvido

Ao sentirmos uma leve coceira ou observarmos o ouvido de outras pessoas (principalmente bebês e crianças) com alguma secreção externa, nossa primeira reação é querer limpá-lo. Contudo, por não sabermos a forma correta de tirar cera do ouvido, acabamos causando muitos problemas.

O primeiro erro é acharmos que o cerúmen (nome dado pela medicina para a popular cera) é uma substância nociva ou desnecessária ao corpo humano. Pelo contrário, como veremos a seguir, ela é fundamental para proteger e manter o ouvido saudável.

Quer saber o jeito certo de tirar cera do ouvido e mantê-lo limpo? Continue a leitura e siga as dicas!

Por que não devemos tirar cera do ouvido?

O cerúmen é produzido pelas glândulas sebáceas que ficam no canal auditivo externo (meato acústico externo). Essa cera é produzida com PH ácido, justamente com o objetivo de proteger os ouvidos, naturalmente, contra a entrada de poeira e micro-organismos causadores de infecções.

A cera também é “autolimpante”. Depois que a secreção seca, um simples movimento do maxilar, seja ao mastigar um alimento ou falar, ajuda a levar a cera velha para fora, pela abertura da orelha.

Segundo os médicos, é apenas essa cera que fica na parte externa da orelha que deve ser removida, cuidadosamente. Fazendo o movimento inverso (empurrando a cera para dentro), além de acumular excesso de cerúmen, você pode causar danos mais graves, como a ruptura do tímpano e perda auditiva.

Quais os 3 principais erros na hora de tirar cera do ouvido?

Quanto mais se retira a cera, mais quantidade da substância é produzida pelas glândulas sebáceas, gerando um círculo vicioso e o perigo de acúmulo. Também a falta da cera deixa a pele do ouvido muito seca, sendo um grande risco para otites.

Veja, abaixo, os erros mais comuns e evite ambos os problemas.

Utilizar bastonetes flexíveis

Devido à facilidade, os cotonetes são amplamente utilizados para remoção da cera dos ouvidos. Mas eles estão entre os grandes vilões, pois acabam empurrando ainda mais a secreção para dentro da orelha.

As hastes até podem ser usadas, mas apenas para limpeza nas bordas e parte externa do ouvido.

Usar unhas ou dedos

Outro erro é usar as unhas ou as pontas dos dedos para limpar os ouvidos. Além de arranhar a pele delicada da parte interna da orelha, essa ação acaba empurrando mais cera para dentro do canal auditivo — e ainda pode levar bactérias contidas nas unhas para dentro do ouvido.

Não remover o excesso de cera

Há, ainda, uma crença de que não é preciso fazer nada para remover qualquer cera do ouvido, pois ela sairia sozinha.

Isso também é um erro, pois quando produzida de forma excessiva — formando a chamada “rolha de cera” —, a substância acaba bloqueando o conduto auditivo e causando diversos incômodos, como zumbidos, coceira e a perda parcial da audição.

Qual o jeito certo de tirar a cera sem danificar os ouvidos? 

A primeira e melhor recomendação é utilizar apenas uma toalha para secar a região após o banho. Veja as formas mais indicadas de retirar o excesso de cera do ouvido. Caso venha a acontecer:

Uso de medicamento

Existem medicamentos indicados pelo médico otorrinolaringologista para amolecer a cera que está localizada mais profundamente no ouvido.

Sugerimos sempre a indicação de um especialista, já que alguns medicamentos são contraindicados em caso de infecção.

Remoção profissional

Procurar um otorrinolaringologista, para a realização da remoção mecânica é sempre a melhor escolha.

O médico, além de saber exatamente como tirar cera do ouvido sem causar danos, possui os equipamentos necessários para visualizar o interior do canal auditivo — podendo, então, examinar como anda a sua saúde auditiva.

E aí, gostou do artigo? Quer saber mais sobre como a cera age beneficamente no nosso ouvido? Aprofunde o assunto aqui!

Você, ou seu familiar, possui alguma dificuldade auditiva? Dê o 1º passo – Agende uma Demonstração sem compromisso com nossas soluções. Ouvir Melhor é Viver melhor – 0800 011 1000 – www.audiumbrasil.com.br/agende

Você pode gostar
4 perigos ao ignorar uma perda de audição
4 perigos de ignorar a perda de audição
Deficiente auditivo e restaurante: 5 dicas para escolher um bom estabelecimento

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This